botao de busca



VOLTAR


<<< Anterior      Próxima >>>


Escolha o tamanho da fonte - A - A
24/Março/2020

Compras no exterior: quando vale a pena?

Com a revolução dos e-commerces, as compras pela internet aumentam cada vez mais. Porém, o que fazer quando o objeto desejado só está disponível em outro país? Pensando nisso, a HomeDeliveryBR trouxe uma solução


Compras no exterior: quando vale a pena?

Não é novidade que as compras pela internet estão cada vez mais populares. Deixando qualquer objeto de desejo a apenas um clique de distância, os e-commerces - famosas lojas virtuais - estão em constante crescimento e desenvolvimento.

E, com a possibilidade de receber mercadorias de todo o mundo, o Brasil não perde tempo com pedidos. Segundo estudo realizado pelo Euromonitor, em conjunto com o PayPal, o esperado para o ano de 2020 é um salto no faturamento proveniente dos e-commerces - de US$ 19,5 bilhões para US$ 28 bilhões, ou seja, 44% de aumento na receita.

Porém, quando o assunto é comprar online, ainda existem limitações - principalmente quando o item de desejo só é vendido no exterior ou possui um valor mais acessível se importado.

Facilitando processos

Entendendo a necessidade de expandir ainda mais a possibilidade de compras online, nasceu a HomeDeliveryBR. “Nós sabemos que muitos dos que querem comprar itens online dos Estados Unidos sofrem com frete muito caro ou até mesmo a falta de alcance do entregador. Decidimos acabar com essa dificuldade de maneira simples e atendimento diferenciado”, explica Márcio Freitas, Vice-Presidente Internacional da HomeDeliveryBR.

“E não são só pessoas físicas que se beneficiam: a importação é para todos. Temos muitas empresas e pequenos negócios que possuem grande demanda de compra no exterior - sejam lojistas ou prestadores de serviços. Vemos tendências diferentes: uma oficina mecânica, por exemplo, pode importar peças para reparação de veículos diretamente, sem intermediários - e reduzir, com isso, o custo do seu cliente, que pode pagar caro em uma loja de acessórios. Lembrando que, estas, podem importar diretamente no limite de USD 100.000 por ano, sem necessidade de ter radar”, diz Márcio.

O empreendedor complementa explicando que radar é uma licença que empresas brasileiras precisam para importar demandas que ultrapassem USD 100.000.

De modo geral, a HomeDeliveryBR disponibiliza um endereço para entrega e se encarrega de enviar o item para o Brasil de maneira simplificada. “Em seis anos de empresa, trabalhamos duro para nos aprofundarmos em todos os processos de envio dos Estados Unidos para o Brasil. Estudamos todos os regulamentos, regras e leis e, hoje, conseguimos oferecer todo o suporte necessário, garantindo sucesso no envio”, complementa.

Para finalizar, o Márcio ressalta que muito além de um serviço de entrega, o HomeDeliveryBR democratiza e expande as possibilidades de compra, afinal, existem possibilidades de compra para uso pessoal ou até mesmo revenda. “Nós cuidamos de tudo. Não é preciso falar inglês para comprar, tampouco dominar todos os processos de envio - que são mais complicados do que muitos pensam. Fazemos tudo com muito carinho para garantir o acesso a qualquer tipo de mercadoria”, diz.

Entregas para todos

A HomeDeliveryBR atende todo e qualquer pedido - de pequenas, médias e grandes empresas a pessoas físicas. Sendo um produto da Herco Freight, que está no mercado há 50 anos, tem como objetivo ajudar as pessoas que querem importar, deixando o medo e a insegurança de lado. Saiba mais: http://www.homedeliverybr.com


Fonte: Dino Notícias




COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS
  • Digg
  • del.icio.us
  • DZone
  • blogmarks
  • StumbleUpon
  • Facebook
  • Tumblr
  • TwitThis
  • Print
  • email
  • Live
  • Yahoo! Bookmarks

Comente esta notícia


Ver mais notícias rss




© 2009-2020 Guias Web - Todos os Direitos Reservados - Normas de Uso - Política de Privacidade