botao de busca



VOLTAR


<<< Anterior      Próxima >>>


Escolha o tamanho da fonte - A - A
17/Fevereiro/2020

Adesivos estruturais superam rebite e solda na união de superfícies metálicas

Produtos reduzem tempo de processo e melhoram a resistência das peças


Adesivos estruturais superam rebite e solda na união de superfícies metálicas

Por muito tempo, a união de substratos metálicos ficou restrita basicamente a dois métodos: rebites e soldas. No entanto, de uns anos para cá o uso de adesivos estruturais tem ganhado cada vez mais espaço, graças a benefícios como ganhos de processo, aumento da resistência e aprimoramento estético das peças, entre outros.

“Na comparação direta com rebites, por exemplo, a redução do tempo de trabalho é significativa. O quão mais rápido vai depender da configuração do componente adesivado, mas é certo que o usuário conseguirá maior velocidade”, afirma Victor Zanini, gerente de contas de adesivos estruturais e materiais eletrônicos da Parker LORD, referência global em adesivação – mantém uma unidade fabril em Jundiaí, no interior de São Paulo.

Outra vantagem dos adesivos estruturais é a ampliação da resistência à fadiga, uma vez que essa tecnologia de união melhora a distribuição das tensões superficiais. “Também não ocorrem microfissuras na superfície quando a peça é adesivada, problema típico da fixação por rebites, em função dos furos, ou soldas, devido ao derretimento do substrato”.

A união de metal com adesivos estruturais, salienta Zanini, evita o surgimento de pontos de corrosão, comuns quando o usuário opta pela utilização de rebites. “Os adesivos também funcionam como ótimos selantes, eliminando eventuais pontos de infiltração de água”. Essa vantagem, aliás, é uma das principais razões para a explosão do consumo de adesivos pelas empresas especializadas na fabricação de trailers e baús de caminhões.

Já na comparação direta com a solda, o especialista da Parker LORD ressalta que a facilidade de aplicação do adesivo estrutural é bem maior, e esse benefício fica ainda mais evidente quando o assunto é soldagem de alumínio.

“Há muita deformação da chapa de alumínio durante a solda, por isso trata-se de uma atividade que requer profissionais extremamente especializados. Na adesivação, ao contrário, basta um simples treinamento e a pessoa já está apta a aplicá-lo”, ele compara. Sem contar que, diferente dos métodos tradicionais de fixação, a união por adesivos dispensa a preparação de superfície.

Parker LORD
http://www.parker.com
http://www.lord.com/latam/pt


Fonte: Dino Notícias




COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS
  • Digg
  • del.icio.us
  • DZone
  • blogmarks
  • StumbleUpon
  • Facebook
  • Tumblr
  • TwitThis
  • Print
  • email
  • Live
  • Yahoo! Bookmarks

Comente esta notícia


Ver mais notícias rss




© 2009-2020 Guias Web - Todos os Direitos Reservados - Normas de Uso - Política de Privacidade